VOGUE UK – Kendall Jenner revela o segredo para o seu sucesso

Kendall foi o assunto de mais uma matéria da Vogue UK, desta vez, por seus novos trabalhos e seu sucesso ao redor do mundo neste ano. A modelo concedeu uma entrevista à revista britânica e contou um pouco sobre sua vida pessoal e profissional. Confira abaixo:

A paixão de Kendall Jenner pela modelagem tem mudado um pouco desde que ela presenteou seus pais com um portfólio auto-produzido na idade de 14 anos – um cenário que depois foi transmitido no reality show deles, Keeping Up With The Kardashians. O entusiasmo dela pelo seu trabalho e a indústria é evidente no tom de sua voz, que se torna mais sério quando a conversa muda para as aspirações de sua carreira: “Eu quero que isso dure, quero que seja algo grande e especial,” ele concordou. A convicção dela na afirmação faz evidente que não é a primeira vez que esses pensamentos percorrem a mente da agora modelo de 20 anos de idade.

Em 2015, Jenner fez sua estreia para a Victoria’s Secret (um feito que ela tinha desejado por muito tempo), fez campanhas para a Fendi e Calvin Klein e desfilou para Chanel, Michael Kors e Diane von Furstenberg, entre outros.

No entanto, estas realizações fez pouco para distrair a atenção da sua vida pessoal e a mudança na estrutura de sua família composta. Olhando para frente, a próxima coisa na sua lista de à fazer da carreira é simples: “longevidade”.

Consciente dos perigos da fama rápida e não feliz descansando no nome de sua família, Jenner está definida em obter uma carreira longa, trabalhando duro e constantemente aprendendo. Ela se inspira em modelos que vem trabalhando desde antes de seu nascimento em 1995. “Mariacarla Boscono me ensinou muito, e eu tenho sido muito sortuda de me tornar amiga de tantas modelos maravilhosas”, ela nos contou.

Ela tem a sorte de chamar as pessoas do topo da indústria de seus mentores – Karl Lagerfeld, Olivier Rousteing e Marc Jacobs, entre outros. “Você aprende com suas experiências e aprende trabalhando com estas pessoas mesmo que eles não estejam te dizendo diretamente ‘Faça isso, você não deveria fazer isso,’ você aprende só de estar ao redor deles.”

Outra confidente bem conhecida, é uma de suas melhores amigas, Cara Delevingne. A dupla agora tem até mesmo sua própria sigla “CaKe”, e nesta London Fashion Week, Madame Tussauds irá revelar a estátua de cera de ambos. Uma experiência que Jenner descreve como “Legal – eles mediram cada parte do meu corpo. Algumas que eu nem sabia que existiam.”

Em junho, a dupla foi vista vestindo camisetas com o seu apelido. “O que é CaKe e como é que podemos ter em mãos a mercadoria?” perguntou a internet. “Nós basicamente inventamos isso e agora é o nosso negócio. Nós nos chamamos de CaKe”, confessa Kendall que está usando um colar de ouro escrito CaKe quando nos encontramos.

Um movimento lucrativo para as garotas seria de licenciar a frase [para o comércio], mas apesar dos rumores, “agora é uma coisa pessoal,” diz Jenner, uma forte ênfase em agora, insinuando que poderia ter algo por vir.

“CaKe” tem muita coisa em comum, juntas com Gigi Hadid e sua irmã mais nova Bella; elas são frequentemente referidas como supermodelos das redes sociais. Garotas que têm milhões de fãs assistindo cada movimento seus. Os atuais 47 milhões de seguidores de Jenner no Instagram são difíceis de ignorar. O sucesso delas é o oposto ao apelo sedutor místico das supermodelos dos anos noventa. Em vez disso, através das redes sociais e apps pessoais, Jenner e suas amigas convidam seus fãs para dentro de suas vidas, postando cada movimento que fazem.

Ela coloca seu sucesso no Instagram de lado para o pessoal toque que seu feed tem, insistindo que cada post é feito por ela: “Meu Instagram é todo eu. Eu gosto que ela seja pessoal e gostaria de mantê-lo deste jeito. Você não segue para ver coisas promocionais o tempo todo. É a minha conexão com meus fãs.”

Enquanto ela recebeu uma festa em Barcelona para celebrar o seu novo papel como embaixadora da linha espanhola Mango, centenas de fãs foram às ruas. Os seus cânticos “Kendall, Kendall” silenciaram a música de dentro do local, a histeria atingindo seu auge quando ela aceitou de bom agrado a tirar selfies com a multidão gritando e chorando. Jenner permaneceu composta quando nos sentamos com ela e quando dezenas cercaram ela na área VIP, um guarda-costas não mais do que a um pé de distância.

A coisa única sobre a situação de Jenner é que ela não é a única que recebe esta atenção estridente e intensa da mídia – toda a sua família recebe também. Ela confessa que a fama coloca uma pressão sobre suas amizades, mas faz questão de manter-se próxima daqueles que não estão envolvidos na indústria. “Eu acho que é importante ter pessoas que estão fora disso porque te traz de volta à realidade e te mantém fundamentada. É definitivamente difícil encontrar um bom amigo que é genuíno e que não se importa com esse tipo de coisa, mas quando você encontra estas pessoas e elas são ótimas, é bom estar longe disso com eles por um minuto.”

Muito antes das câmeras serem recebidas em sua casa e Paris chamar, os primeiros anos de Jenner foram passados montados em pôneis na Califórnia e jogando o quanto de esportes podia – moda não era uma prioridade. “Quando era realmente jovem eu consigo me lembrar de estar por dentro da moda, mas o que eu gostava mesmo era de cavalos e esportes. Na minha vida inteira quis um pônei e não poderia me importar menos com um par de sapatos.” Depois ela admite que tinha três [cavalos] uma vez, mas por causa de sua agenda ocupada eles foram realojados.

Eventualmente, a moda chegou em seu consciente. Suas memórias mais jovens envolvem tropeçar nos sapatos de suas irmãs mais velhas e vasculhar as revistas de sua mãe para “admirar as supermodelos, sempre na esperança de que um dia eu poderia ser assim para alguma outra criancinha que estava olhando uma revista.” Missão cumprida.

Na semana de estreia de sua linha de roupas com sua irmã, Kendall & Kylie, foi revelada, uma nova campanha da Calvin Klein e sua posição como embaixadora da marca Mango, é evidente que o foco de Jenner está na moda e, sem dúvida, o gesto é recíproco.

Fonte: Vogue UK | Tradução & Adaptação: Kendall Brasil

Comments are closed.

KENDALL JENNER BRASIL © 2015 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | DESENVOLVIDO POR KÉZILY CORREA